Eu do futuro

O lembrete de hoje é para você, Yan. Quando estiver desanimado ou querendo retroceder nas suas escolhas lembre-se de tudo que aconteceu; das superações, das lágrimas, dos dias tristes, da mágoa em não ter retorno. Você superou muita coisa em pouco tempo, lidou com traumas que fez você se fortalecer e se tornar quem é, então, quando você quiser voltar ou ceder para essas pessoas e situações lembre-se que você já superou e não precisa passar por isso pra se provar que é um cara incrível.

Amanhã, segunda feira, você recomeça a sonhar de onde parou, vai voltar com os estudos para tentar de alguma forma se libertar dessa angustia que pulsa no seu peito, dessa ansiedade que quer um futuro incerto. Você sabe que é capaz de tudo só se concentrar e respirar, inspirar e repetir de novo.

O recomeço desse caminho é dolorido, triste, solitário mas a recompensa vai ser boa e agradável. Essa vontade foi plantada em seu coração e você vai regar e fazer nascer uma linda árvore com lindos frutos. Você é capaz e você vai conseguir. Pois todas as coisas cooperam para aqueles que confiam em Deus. Tudo vai dar certo, só não desista no primeiro obstáculo ou cansaço, descansa, ora e volta.

Eu do futuro

Amores de uma noite.

Hoje eu li que a gente deve sempre se entregar, demonstrar não esconder que gosta pois a vida é um sopro. Eu acredito nessa frase. Eu, Yan, costumo mergulhar de cabeça com as pessoas que me envolvo, o problema é que até agora só mergulhei em marés rasas, nenhum deles era tão profundo suficiente pra eu mergulhar de corpo inteiro, eu só conseguia molhar os pés.

Não os culpo por isso, cada ser humano vem com uma bagagem da vida, eu, inclusive, tenho a minha. Eu sempre sentir que estava entrando na vida de alguém no momento errado, ou um estava saindo de um relacionamento, ou outro gostava do fulaninho, o outro só me queria por um capricho. Eu sempre busco saber o porque eu estar ali, se vamos ter algo a mais ou vai ser só mais uma noite de sexo, já chego sem expectativas só quero mesmo saber onde estou me metendo.

Até agora só acumulei experiências, isso não é ruim, mas chega uma hora que cansa, que tudo que a gente quer é um aconchego verdadeiro, perguntar como foi o dia, contar uma piada sem graça, planejar um futuro incerto.

Não romantizo “amores de uma noite”, eles são só isso, não vão passar de uma noite. A conversa é boa o sexo também, a gente goza, tomamos banho e vou pra casa, só isso mais nada. E tá tudo bem, porque esse foi o combinado.

A busca pela noite que não termina continua, a passos lentos já que não é fácil encontrar a companhia para essas noites. O tempo ele passa, ele ilude, ele é rei, ele é o tempo que na hora certa, se quer que ela exista, alguém vai aparecer com esses mesmos sonhos de futuro que eu planejo tanto. Até lá, amores de uma noite também são amores.

Yan E

Amores de uma noite.

Será que essa culpa é só minha ?

O momento tem sido calmo, sem mensagens ou qualquer tipo de afeto, no máximo um like na foto recém postada. A gente nunca sabe se estamos fazendo o bem ou machucando alguém, as coisas vão acontecendo e eu seguindo o fluxo. Não sou fácil de lidar mas também não sou o mais difícil, seja somente honesto comigo e tudo dará certo. Eu não tenho aquele orgulho de bater no peito e dizer que sim eu estava certo, a pessoa que tem pedir desculpas… graças a Deus não sou assim, eu sei analisar e ver se a culpa é minha ou não, sei pedir desculpas e também perdão, mas nada disso vale se, logo depois, ele me disse uma mentira ou me deixar com a dúvida de que tudo não vai passar daquilo pois outros já vão preencher meu lugar.

As vezes penso, talvez eu tenha deixado de responder uma mensagem por isso não nos falamos mais, mas depois penso… poxa ele tem meu numero, ele também pode me mandar um bom dia. As vezes também penso o porque deixei chegar tão longe uma situação que é tão distante de se tornar realidade. Li esses dias que Deus não se mete em quem você vai se apaixonar, esse é seu livro arbítrio, você escolhe e decide, achei pesado pelo fato de criar sentimentos por uma pessoa que mora a 200km de distância, impossível? Não, porém os dois tem que estar dispostos a fazer acontecer.

Essa história de que quem quer faz e muito relativo, são vários fatores que interferem mas o pior deles, na minha opinião, é a expectativa. Ela é traiçoeira, ela planta uma semente que pode germinar se tornar uma bela árvore e morrer de uma hora pra outra. Seus frutos começam a amargar, não é a mesma árvore.

A dor de deixar ir não é gostosa de sentir, mas é necessária. Vai doer, vai dar saudades, a expectativa de uma mensagem de bom dia vai surgir, mas nada vai acontecer, tudo vai ter terminado lá atrás, na mensagem não respondida e no bom dia não recebido. As coisas mudam, as indiretas aparecem mas a vida segue como deve seguir, na sua distância. Descartar as experiências não é a melhor opção, elas vão te ajudar na próxima vez só que pra existir uma próxima essa aqui tem que machucar alguém.

Sinto falta do bom dia, das conversas engraçadas, das conversas picantes e dos momentos de silêncio com a expectativa de uma nova mensagem, mas agora que tudo vai acabando e o tempo passando as expectativas também vão se esvaindo, deixando de existir. Talvez, quem sabe, a gente se encontre de novo, o mundo é pequeno e nunca sabemos o que nos espera. Com carinho, me liberto e te liberto.

Yan E.

Será que essa culpa é só minha ?

Enquanto durar…

Eu sei que é pra sempre enquanto durar. É lindo e também é triste. Acho que a maioria de nós queremos um pra sempre com um alguém mas as vezes o pra sempre vai ser só um dia, um mês, um ano, o suficiente para deixar uma marca que sempre será lembrada com carinho, ou, para os mais pessimistas, com dor.

O que nenhum dos dois pode negar é que algo foi ensinado e aprendido com esse “enquanto durar”. Nem o mais pessimista pode negar que, mesmo saindo machucado, algo foi aprendido no tempo de convivo. A gente sempre acha que somos o alecrim dourado mas na verdade também machucamos, magoamos, falamos palavras que machucam; somos seres em constante aprendizado querendo todos os dias ser melhor do que ontem.

O meu mais intenso “pra sempre” durou dois dias mas foi dois dias lindos e maravilhosos, sou grato. Acho que as expectativas atrapalham e eu fui, admito, um pouco negligente deixando que as conversas com altas expectativas chegassem tão longe e, no final, mágoas foram criadas. Sempre pensei melhor encerrar um ciclo com o silêncio, deixando a pessoa pensar que eu sou o ruim mas em minha defesa isso é mais fácil pra mim do que ter que explicar com palavras os vários motivos de ter que encerrar tudo aquilo que estávamos planejando, sonhando e colocando expectativas. Desapareço como sendo o ruim e frio, carrego essa fama com orgulho pois sei que não posso estar com alguém com uma parte da minha vida mal resolvida, eu não o faria feliz. Parar de responder, só visualizar, responder com frieza até a pessoa perder o encanto e tudo voltar a ser como era antes, só eu e minhas angústias. Talvez um dia isso vai passar, mas até lá a solidão se tornou uma velha amiga que sempre estará a minha espera de braços abertos com um taça de vinho em uma sexta à noite.

Yan E.

Enquanto durar…

Mais um ou menos um.

Hoje, 15 de fevereiro de 2021, dia do meu aniversário de 24 anos, estou me sentindo mais deprimido do que antes. A noite passada foi difícil, comecei a passar mal de enxaqueca durante a tarde e virei a noite com dor, acordei mais ou menos só que com um sentimento de vazio, um sentimento que eu conheço. Esse é aquele sentimento que te puxa pra baixo, que te faz se sentir triste, sem rumo, sem expectativa, mesmo quando todos de alguma forma dizem ao contrario.

Hoje era pra ser um dia feliz, é o dia que eu mais gostava na vida, o dia do meu aniversário. De uns anos pra percebi que essa data se tornou mais um dia de postar fotos do que de comemorar realmente, não me sinto nada confortável por postar as homenagens das minhas amigas, sei que elas fizeram de coração mas o meu está longe de querer isso. O triste de crescer é ir perdendo essa magia que a infância trazia sobre datas consideradas especiais, a gente vai perdendo o brilho, o encanto e quando vê é só mais um dia pra se viver e cumprir a rotina, triste.

Estou vindo do final dos meus vinte e três anos vivendo algumas experiências, mas percebo que não quero elas pra minha vida daqui pra frente, são experiências que não acrescenta e não está acrescentando, só estão me desgastando cada dia mais.

Obrigado Deus por mais um ano, espero sem expectativas que ele seja melhor do que o anterior.

Yan E.

Mais um ou menos um.

Ele

Esse amanhecer antecedeu uma das noites mais lindas que vivi. Ele me fez ser quem eu sou, me fez sentir o amor, me fez sentir a felicidade e como é não ter medo, foi incrível.

Passamos a noite caminhando na praia de mãos dadas, lembro que quando ele saia de perto de mim eu queria ir atrás para protejer ele. Ele me fez esquecer tudo só viver o presente, como se naquela praia só existisse nos dois e mais ninguém. A brisa, o vento, a natureza, o céu tudo contribui para ser do jeito que tinha que ser, perfeito.

Essa noite de sexta para sábado do primeiro para o segundo dia do ano de 2021 foi mais que perfeita, foi o que eu desejei a muito tempo pra minha vida.

Queria o carinho dele, o abraço dele, o beijo lento e suave dele todos os dias. Queria acordar virar na cama e ver aquelas bochechas rosadas de vergonha acordando com aquele olho miúdo e aquela barba linda, e eu só olhando e agradecendo por estar vivendo aquilo. A vida ela nos prega algumas peças mas também pode nos trazer experiências lindas que nos marcam e que eternizam nas nossas almas para sempre. Eu eternizei ele no meu coração com o elemento que mais amo, a água, e no lugar que mais amo, a praia. Ele foi minha onda,veio, me fez feliz no tempo certo e voltou para o mar. Foi lindo!

Yan E

Ele

Culpa

Tem sido anos difíceis, com culpa, remorso, como se tudo fosse só minha culpa. As vezes questiono o porque de ter feito certas escolhas mas depois paro e penso e se eu não tivesse feito essas escolhas, tudo seria diferente também. As vezes questiono se deveria mesmo ter feito faculdade talvez, assim, eu não estaria com essa angústia e ansiedade dentro de mim, essa vontade de correr, as vezes nem sei para onde, o tempo todo de um lado para o outro querendo fazer e ser tudo. Me paro várias vezes durante o dia me perguntando qual é o meu propósito, o porque da minha vida está do jeito que está, minha vida não está ruim, Deus está sendo bom, só que parece que tudo que faço e no automático sem poder escolher. Eu já desejei várias vezes que Deus permitisse que eu vivesse pelo menos um sonho meu, mas ele sabe que se atender meu pedido as coisas não vão dar certo.

A culpa que carrego é de não conseguir ir pra frente com meus objetivos pois sempre dar errado no meio do caminho aí eu choro, fico triste, me culpo e esse looping se repete em cada batalha que tento e fracasso .

Eu acho lindo pessoas que descobriram seus propósitos que sabem o que fazem e fazem isso por amor e não por obrigação, meu sonho acordar assim todos os dias, vivendo meu propósito feliz e abençoado, não invejo essas pessoas eu as admiro e muito, não deve ter sido fácil entender e aceitar aquilo que estão vivendo, devem ter sido um caminho difícil e árduo mas o estado de felicidade e gratidão deve compensar tudo isso.

Nas minhas orações eu peço para que encontre meu propósito e seja feliz, a vida é rápida o tempo não espera você encontrar seu caminho pra passar ele simplesmente continua deixando sua marca na pele, na alma, cicatrizando, fazendo o que faz de melhor….passando.

A culpa ela vai permanecer, vai te fazer chorar, vai te fazer duvidar mas esse é o trabalho dela por isso ela está aqui, dentro de casa um nos.

Yan E

Culpa

Âncoras do dia a dia

As vezes me pergunto porque eu não me entreguei em determinados momentos; o porque de recusar e negar o que estava sentindo.

Me prometi que faria tudo diferente que sempre vou mergulhar de cabeça, tentar tocar o fundo do mar e achar minha angora, entretanto, pode ser perigoso quando você acha uma âncora que você acha que vai te segurar mas na verdade é um navio que gosta de navegar, que baixa a âncora quando precisa mas logo se levanta e parte para outro mar, não o julgo, ele queria ver o mundo ao mesmo tempo que queria sentir somente um mar calmo, acho que seja porque muitas ondas tornam as escolhas mais difíceis para ele, e eu ? Nesse tempo já estou todo molhado, tocando a área fina do fundo e vendo o que eu pensei ser minha âncora indo navegar por outros mares.

Yan F.

Âncoras do dia a dia

2021

A forma como eu demonstro sentimentos por uma pessoa é da mesma forma ao qual eu estou sendo tratado e recebendo esse sentimento da outra pessoa, a famosa reciprocidade.

Passei por algumas pessoas, que me ensinaram muito, não nego, mas também que me fizeram ter um olhar sobre ‘o estar com o outro’ muito distorcido para o que eu realmente queria e, por consequência, eu agir de forma indiferente com eles, deixando mágoas e sentimentos mal resolvidos entre nós.

Já entramos em 2021 o ano da esperança, ao qual logo já comecei a me envolver e prometi a mim mesmo que dessa vez eu iria me entregar e demonstrar sentimentos… consequência; me ferrei novamente mas também aprendi que não é feio demonstrar, se entregar e viver o momento pelo contrário é maravilhoso ser intenso. Não me arrependo de nada que fiz,disse ou demonstrei pois eu estava sendo eu de verdade, e foi muito bom! Espero que esse ano esse sentimento se repita, pois todo aprendizado é válido para um novo recomeço.

Yan E.

2021

2020

Ei, olha eu aqui aparecendo depois de sumir do nada.

Hoje dia 23 de dezembro de 2020, eu me encontro deitado na cama vendo uns story’s e me deparo com um questionando sobre; “ o que 2020 te ensinou ?”. Fique sem resposta. A lembrança mais clara que tenho desse ano sou eu trabalhando e trabalhando, só isso mais nada, essa é na verdade o que eu mais fiz, entretanto, aconteceu outras coisas também que me subconsciente quer apagar. Vamos lá.

Esse ano de 2020 mesmo todo caótico me ensinou e me obrigou a cuidar mais da minha saúde mental; me ensinou a lidar e tratar melhor as pessoas; me ensinou a me gostar e me olhar mais com carinho mesmo eu tendo vários defeitos; me ensinou que eu não preciso me contentar com poucas coisas eu mereço muito mais; me ensinou que ciclos se fecham e, que, está tudo bem, tudo tem um prazo e nada deve ser forçado; me ensinou a superar um amor e a sofrer por amor, quem diria né Yan; me ensinou que devemos sim ter empatia pois todos estamos travando uma batalha; me ensinou a ser mais confiante e com isso fazer novos amigos; me ensinou que nem tudo vai ser do jeito que eu quero, que mesmo as coisas dando errado, algo melhor, para aquele momento, vai dar certo é só confiar e ter esperança; me ensinou que Deus não me julga pelo meu pecado, ele não aprova, mas me ama mesmo assim; me ensinou que eu quero sim um cafuné, uma mensagem perguntando como foi meu dia, essas coisas simples que fazem a gente se sentir especial.

Dois mil e vinte foi para muitas pessoas um ano triste, de perdas, seja emocional, financeira ou de um ente querido. A vida a gente sabe que é um sopro, mas vivemos como se esse sopro não existisse. A vida é esse amontoado de causas e consequências, um dia acordamos bem no outro mal, um dia feliz outro triste… e assim seguimos caminhando e trilhando até quando Deus quiser sem desistir, sem deixar a bagagem na porta do outro com a esperança de que na alvorada do próximo dia vai ser tudo novo de novo, mesmo que seja só mais um dia da rotina mas que seja mais um dia de esperança.

Esse ano de 2020 vai ficar marcado na vida de todos, seja por uma coisa boa ou por uma coisa não tão boa assim. A verdade é que ninguém estava preparado para ele só fomos seguindo a sua corrente pra ver até onde ele vai deságua.

Hoje mais cedo até estava refletindo, reclamamos tanto de 2019 e 2020 foi mil vezes pior, espero que essa corrente não continue com 2021, se Deus quiser vai ser um novo ano com esperança, fé e realizações.

Feliz tudo pra vocês!!!

Com carinho, Yan E.

2020